7 passos para você se organizar e vencer a crise em 2016

7 passos para você se organizar e vencer a crise em 2016

O final do ano chegou e, tal como 2015, décimo sexto ano do segundo milênio promete ser agitado e difícil para os setores econômicos aqui no Brasil. Como todo final de ano, criamos listas, planos e objetivos que, com muito esforço, podemos conseguir no próximo ano. Porém, nem tudo são flores na tentativa de seguir as metas idealizadas e superar a atual crise existente.

Por isso, Weder Carneiro, especialista em Gestão e Marketing, listou os 7 principais passos para organizar sua empresa em 2016 e vencer a crise.

“Selecione as três metas mais importantes das 10 que você gostaria de realizar em 2016, colocando, inclusive, as datas em que elas devem acontecer”, ensina o empreendedor. Ao estabelecer os três principais objetivos, é possível dar os primeiros passos na construção do crescimento da empresa.

Abaixo você confere os seis principais pontos elencados pelo profissional:

1 – Contextualize a situação inicial

Observe o cenário, o histórico dos fatos positivos e negativos para o negócio, a situação atual e, por fim, busque informações complementares para sanar qualquer dúvida. “É necessário olhar para a empresa, para o mercado e, especialmente, ter os objetivos alinhados aos valores, missão e visão do negócio”, explica.

2 – Identifique as possibilidades

Identifique as várias possibilidades de como resolver os seus problemas ou abrir novos caminhos. “Veja quais são suas possibilidades profissionais: pode ser um curso, uma parceria, investir em um treinamento ou em melhorias na empresa”. Ele explica que deve-se listar as opções e decidir por aquela mais realista.

3 – Execute o planejamento

Confie em você e na direção dos seus sonhos e ambições. “Ou você toma a dianteira nos seus rumos profissionais ou eles se darão ao acaso: você pode escolher qual opção quer”, alerta Weder.
“Deve-se alinhar os objetivos do negócio com os funcionários, que precisam saber aonde a empresa quer chegar; que tipo de clientes vai priorizar; qual o portfólio de serviços vai prestar; e como será essa entrega para o cliente”. Assim, o funcionário deve desenvolver uma maior capacidade de participar e auxiliar no planejamento, necessitando somente que a comunicação empresa/membro seja limpa e direta. “Se o atendimento precisa ser efetivo, é necessário explicar o que isso significa, já que cada um pode interpretar a palavra de formas diferentes”, ensina o especialista.

4 – Mensure seus passos

Sempre que possível, reveja seu planejamento e analise sua evolução ao longo do trabalho, visando assim definir o caminho e a direção que tudo está tomando. “No caso de um objetivo que se pode alcançar em curto prazo, é importante fazer revisões semanais para avaliar o progresso. Projetos com prazos mais longos podem ser divididos em quatro passos ou mais, e ter revisões após a realização de cada um deles”, ensina o empreendedor.

5 – Comemore suas conquistas

Conseguiu atingir as metas? Festeje, dê-se um presente. “Essa recompensa é merecida e faz muito bem à mente”.

6 – Lembre-se que tudo é um ciclo

Segundo o especialista, a caminhada do sucesso demanda ações contínuas. “Assim, tão importante quanto crescer é continuar trabalhando para atingir novos objetivos, novas metas e novos ganhos”, lembra o especialista.

7 – Aposte nos softwares e na própria crise

Weder relata que atualmente existem diversas ferramentas gratuitas que ajudam a definir projetos e tarefas, além de quem irá participar e de que forma exatamente. Como 2016 não promete ser um ano fácil na economia brasileira, o especialista destaca o valor de proximidade com o cliente. “Estudos realizados nos Estados Unidos apontaram crescimento em milhares de empresas que apostaram no relacionamento com o cliente e na publicidade, mesmo durante a grande crise americana de 2008 e 2009”, conclui.

 

Fonte: Administradores.com

Próxima Postagem:
Postagem Anterior:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *