As faculdades de administração mais respeitadas no mercado

As faculdades de administração mais respeitadas no mercado

Confira a lista das preferidas entre mais de 44 mil empregadores.

Foi divulgado pela consultoria QS o ranking global de faculdades por área de ensino. Na área de administração e negócios, a Universidade de Harvard, no Estados Unidos, foi a mais bem avaliada.

A análise geral leva em conta aspectos como a reputação acadêmica e entre os empregadores e o número de citações por pesquisas divulgadas. Produtividade e o impacto do trabalho de alunos e pesquisadores das universidades também entram na pontuação geral do ranking. Para chegar ao resultado, foram entrevistados mais de 76 mil acadêmicos e mais de 44 mil empregadores em todo mundo. Para cada item, a nota máxima é 100.

Para os empregadores, a QS pede que identifiquem 10 universidades nacionais e 30 internacionais consideradas excelentes por eles e as áreas de ensino em que mais preferem recrutar alunos.

Do Brasil, apenas a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e a Universidade de São Paulo (USP) aparecem na lista completa, entre as posições 101-150. Em reputação acadêmica a USP, com nota 64,6, fica um pouco à frente da FGV, com 64,5. Mas, no mercado de trabalho, a USP é bem mais lembrada do que a FGV: 96,3 contra 61,1 de nota dos empregadores.

Confira quais as melhores instituições de ensino superior na área de administração e negócios. A ordem da lista é feita com base na avaliação entre os empregadores, mas também é possível saber a posição geral no ranking e as notas de reputação acadêmica de cada uma delas.

Posições no ranking global de administração:

1º – Harvard University: Estados Unidos
Nota geral: 99
Nota de reputação acadêmica: 100
Nota de reputação entre empregadores: 100

2º – London Business School: Reino Unido
Nota geral: 95
Nota de reputação acadêmica: 100
Nota de reputação entre empregadores: 93

3º – INSEAD: França
Nota geral: 94,3
Nota de reputação acadêmica: 97,2
Nota de reputação entre empregadores: 92,3

4º – Stanford University: Estados Unidos
Nota geral: 94,9
Nota de reputação acadêmica: 91,9
Nota de reputação entre empregadores: 98,3

5º – University of Pennsylvania: Estados Unidos
Nota geral: 93,8
Nota de reputação acadêmica: 100
Nota de reputação entre empregadores: 69,9

6º – Massachusetts Institute of Technology (MIT): Estados Unidos
Nota geral: 98
Nota de reputação acadêmica: 100
Nota de reputação entre empregadores: 100

7º – University of Cambridge: Reino Unido
Nota geral: 98,3
Nota de reputação acadêmica: 99
Nota de reputação entre empregadores: 100

8º – University of Oxford: Reino Unido
Nota geral: 97
Nota de reputação acadêmica: 100
Nota de reputação entre empregadores: 99,4

9º – London School of Economics and Political Science (LSE): Reino Unido
Nota geral: 94,6
Nota de reputação acadêmica: 96,8
Nota de reputação entre empregadores: 92,2

10º – Università Commerciale Luigi Bocconi: Itália
Nota geral: 97
Nota de reputação acadêmica: 100
Nota de reputação entre empregadores: 89,3

11º – University of California, Berkeley: Estados Unidos
Nota geral: 97
Nota de reputação acadêmica: 100
Nota de reputação entre empregadores: 86,1

12º – National University of Singapore (NUS): Singapura
Nota geral: 90
Nota de reputação acadêmica: 88,9
Nota de reputação entre empregadores: 95,4

13º – Copenhagen Business School: Dinamarca
Nota geral: 87,3
Nota de reputação acadêmica: 89,8
Nota de reputação entre empregadores: 81,5

14º – HEC Paris School of Management: França
Nota geral: 86,3
Nota de reputação acadêmica: 86,6
Nota de reputação entre empregadores: 86,5

15º – The University of Melbourne: Austrália
Nota geral: 88
Nota de reputação acadêmica: 85,9
Nota de reputação entre empregadores: 88

 

Fonte: Camila Pati, de EXAME.com

Próxima Postagem:
Postagem Anterior:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *