Curso de Administração da UFMA recebe nota máxima em avaliação

Curso de Administração da UFMA recebe nota máxima em avaliação

O curso de Administração da Universidade Federal do Maranhão – UFMA obteve conceito máximo no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade). O curso, que completa 10 anos em 2017, foi o único no Maranhão com nota 5 e dentre os 88 cursos que alcançaram este conceito, a UFMA ficou em 49º lugar, de um total de 1.806 cursos avaliados.

Além disso, a graduação está no 8º lugar da região Norte/Nordeste e 10º lugar considerando a região Norte/Nordesde/Centro-Oeste. O curso de Administração da UFMA iniciou suas atividades em 2007 com a professora Raimundinha Marques Mendes, depois foi conduzido ela prof. Vilma Heluy no período de 2010 até abril de 2016, quando foi realizado o último Enade, e atualmente é coordenado pela prof. Adriana Araújo.

Para a Diretora Suplente do SINADMA, Vilma Heluy, o objetivo do curso de administração era ser uma referência nacional. “Hoje alcançamos esta meta, conquistamos a avaliação máxima no Enade graças ao trabalho em conjunto de uma equipe de professores, mestres e doutores formada do decorrer deste período, comprometida com a visão do Curso e o apoio da Reitoria. Agora, continua o desafio de mantermos este conceito e aprimorarmos os outros eixos da educação, a pesquisa e extensão, bem como conseguirmos as competências necessárias para implantarmos em breve cursos stricto sensu”, destacou a então coordenadora do curso de Administração, no período em que foi realizado o Exame.

A atual coordenadora, Adriana Araújo, reforçou a importância do trabalho em equipe para atingir esse resultado. “O resultado do Enade reflete o trabalho em conjunto de vários protagonistas, entre professores, alunos, administrativos e dirigentes da UFMA, que empenhados deram o seu melhor e provaram que mesmo em condições nem sempre ideais é possível atingir excelente performance. Estamos felizes e vamos comemorar, pois este ano o curso completa 10 anos de existência com este significativo resultado”.

O presidente do Sindicato dos Administradores do Maranhão, Pierre Januário, também celebrou o resultado e parabenizou os agentes por este êxito. “É muito bom poder ver a graduação em administração se fortalecendo em nosso Estado e virando uma referência nacional. Estamos formando bons profissionais no Maranhão e podemos comprovar isso nesta avaliação do rendimento dos concluintes dos cursos de graduação, em relação aos conteúdos programáticos, habilidades e competências adquiridas em sua formação. Toda equipe da UFMA está de parabéns, este sucesso é resultado de muito esforço e merecemos dar este reconhecimento a estes administradores”.

Enade

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) tem o objetivo de avaliar o desempenho dos estudantes com relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos cursos de graduação, o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias ao aprofundamento da formação geral e profissional, e o nível de atualização dos estudantes com relação à realidade brasileira e mundial, integrando o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

O Sinaes é composto também pelos processos de Avaliação de Cursos de Graduação e de Avaliação Institucional que, junto com o Enade, formam um tripé avaliativo, que permite conhecer a qualidade dos cursos e instituições de educação superior (IES) de todo o Brasil.

O exame é obrigatório e a situação de regularidade do estudante no Exame deve constar em seu histórico escolar. A primeira aplicação do Enade ocorreu em 2004 e a periodicidade máxima da avaliação é trienal para cada área do conhecimento.

Sobre os resultados

Os resultados do Enade, aliados às respostas do Questionário do Estudante, constituem-se insumos fundamentais para o cálculo dos indicadores de qualidade da educação superior: Conceito Enade, Conceito Preliminar de Curso (CPC) e Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC), todos normatizados pela Portaria nº 40, de 2007, republicada em 2010. Esses indicadores mensuram a qualidade dos cursos e das instituições do país, sendo utilizados tanto para o desenvolvimento de políticas públicas para a educação superior quanto como fonte de consultas pela sociedade.

 

(Dados retirados do portal.inep.gov.br/enade)

Próxima Postagem:
Postagem Anterior:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *