Administradores na luta pelos direitos trabalhistas

Administradores na luta pelos direitos trabalhistas

O Brasil vai parar dia 28 de abril. Com esse slogan as centrais sindicais estão convocando os trabalhadores de todas as categorias para participarem da Greve Geral Unificada contra as reformas da previdência, trabalhista e a Lei da Terceirização.

O objetivo principal da mobilização é pressionar o Congresso Nacional a fim de barrar o prosseguimento de projetos extremamente covardes e danosos para os trabalhadores, como a reforma trabalhista, que foi acatada no apagar das luzes em períodos de feriados prolongados este mês de abril, e a Lei da terceirização, aprovada no último mês de março na Câmara dos Deputados.

O Ato unificado pretende realizar uma paralisação ampla, nacional, com forte e decisiva participação dos trabalhadores tanto da cidade, quanto do campo, buscando exercer resistência as ações desse governo arbitrário, que tem proposto projetos que visam extirpar as garantias e direitos trabalhistas do trabalhador brasileiro.
Fonte: SINAERJ

Próxima Postagem:
Postagem Anterior:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *